15 novembro, 2017

Descontos na Tiketa é com a Hortelã Pimenta!


Entre fraldas, xuxas, mano grande, mano pequeno, banhos, cremes e afins (já estou com pena de mim!), ainda consigo pensar em todos vós, meus rebentos de hortelã!
O Natal está a chegar e, tal como referi ontem, é preciso rever o material escolar da maltinha!
Há lápis que já são só cotos, cadernos sem ponta por onde se lhe pegue, canetas sequinhas que sei lá.
"E eu que tive tanto trabalho a identificar tudo em setembro." - estão vocês a pensar
Pois bem não desesperem. 
Em todas as encomendas feitas em www.tiketa.pt, terão um desconto imediato de 15%. 
para isso basta usarem o código TIK8ML15.
E já sabem, se a Tia Gertrudes resolver oferecer um casaco ou uma camisola ao petiz aí de casa, pumba toca a identificar. É da maneira que não vai para a pilha dos perdidos lá da escola!
A Tiketa também lançou  um sistema de pontos de recompensa! 
A funcionalidade atribui pontos às encomendas feitas, mas também, e atenção, a Tiketa fez questão de garantir que todas as encomendas que foram feitas nos últimos meses (desde Junho para cá, para apanhar a altura do regresso às aulas) também tivessem direito a pontos! 
Por isso, quem encomendou tiketas desde junho tem, na sua conta cliente, uns pontinhos acumulados, que pode converter em descontos em encomendas futuras. 
Para consultar os pontos disponíveis só têm que aceder à conta cliente no site e consultar o separador "Pontos de recompensa". 
Como diz a senhora da massa: "O que é nacional é bommmmmm!"



06 outubro, 2017

Da Novex: Serum Capilar Frutas Cítricas

Aqui há umas semanas recebi o serum capilar de frutas cítricas da Novex!
Quando somos convidadas a participar num programa de experiência de produtos, acredito que o que mais importa é dar a nossa opinião sincera acerca daquilo que testamos.
Até hoje todos os produtos da Novex cumpriram aquilo que prometem.
Este produto especificamente não teve o alcance a que se propõe no meu cabelo.
Tem um cheiro ótimo, a sensação depois de aplicar o spray é maravilhosa, quase que entro em modo zen, de tão fresco que é!
Mas o que é facto é que não notei alterações das várias aplicações que fiz e note-se que tenho o cabelo oleoso, lavo-o dia sim, dia não.
Talvez tenha que ver com o facto e não ter usado o shampoo da mesma gama.
De qualquer maneira sou a excepção que não faz o todo, o que acontece comigo, não tem necessariamente que acontecer com o resto da população com cabelos oleosos!!
Vou continuar a usá-lo porque apesar de não controlar a minha oleosidade, deixa-me o cabelo com um aspeto saudável e nutrido!
Para mais informações acerca do deste produto cliquem aqui. No site da Embelleze encontrarão tudo acerca deste spray bem como de tantos outros produtos!

Novex



21 setembro, 2017

Mochila já cá canta!

O Manel já tem mochila e tudo graças ao carinho desmesurado do Cantinho dos Hobbies!
Obrigada Isa! 
Não é obrigação nenhuma quando digo que, o carinho que dedicas aos teus trabalhos é enorme e que a perfeição com que os entregas é inultrapassável!
Já te disse que gosto de ti!?

Mochila


Mochila


Mochila



01 setembro, 2017

Voltei, mas fiquei lá!

Texto escrito ontem para a página Bairrada

Hoje é o último mês de agosto.
É o mês de quem labuta fortemente por outra terras. É o mês de matar as saudades, é o mês de as por a zero!
Só quem andou lá por fora sabe o que este retorno significa.
Eu lá andei. Não fiz uma emigração dura, mas também não fiz uma emigração relaxada. Mas fiz sem duvida uma emigração fantástica.
De certo modo a vida encarregou-se de me enviar para lá.
Jamais me imaginei a viver num sitio assim. Todos me davam o prazo de 3 meses até voltar com o rabinho entre as pernas.
É longe, é diferente, tem outra cor, tem outro calor. É São Tomé e Príncipe.
Como na maior parte das famílias, também eu tenho tios e tias que andaram por terras de África num outro tempo.
Confesso que as histórias sempre me fascinaram, mas nunca entendi a intensidade das palavras até ser eu própria a experienciá-las!
África dá-nos duas opções: ou se ama, ou se odeia.
Não se gosta mais ou menos, não se fica porque tem que ser.
A primeira vez que fui, foi de férias, já sabia que aquele era o meu destino num futuro próximo.
O primeiro impacto foi horrível. Um calor insuportável, o aeroporto era o caos! Havia dezenas e dezenas de miúdos que já me chamavam, que já sabiam quem eu era. Como é que era possível? Fui batizada ali mesmo de “Maria, a branca mulhé di Miguel”.
E pela cabeça só me passava “Ó meu Deus que eu não fui feita para isto. Bem me avisaram que vir para aqui com um bebe de 9 meses não era boa ideia...”
Nesse dia à noite decidi que regressava no próximo avião para Portugal. Mal eu sabia que só havia voo daí a uma semana!!
O calor continuava insuportável, não baixava nem de noite e, ouro sobre azul, faltava a luz de 5 em 5 minutos. Era a loucura.
Depois de descansar de uma viagem de 6 horas feita durante a noite, lá resolvi dar uma oportunidade à cidade.
Durante as três semanas que lá estive foi indiscutível que o amor por aquela gente e por aquela terra nasceu e cresceu. Regressei a Portugal e passados uns meses fiz as malas de vez e fui!
Não é fácil viver em São Tomé. A ideia que tive foi que andei 50 anos para trás sem sequer ter 40 de idade.
O ritmo de vida é feito de leve-leve que é como quem diz devagar, devagarinho.
Todas as faltas que existem, quer sejam lojas, boas farmácias ou só o simples facto de poder beber água da torneira, são colmatadas com a simpatia desmesurada do nosso vizinho, com as músicas que nos fazem bater o pé a qualquer momento, com os cheiros e sabores que se vão entranhando.
São roças sem fim cheias da nossa história, é o cheiro do café, a água de coco que sabe tão bem, é provar as iguarias da terra sob o olhar atento do amigo de lá, que se ri espontaneamente com a nossa reação.
São todas estas coisas boas que nos ajudam a superar a degradação do país que parou após a independência. Ruas esburacadas, estradas que se foram recompondo ao longo dos tempos, as roças infindáveis, deslumbrantes, cheias de encanto e que estão por um fio. As faltas de luz constantes, as baratas, osgas, formigas monstruosas… enfim um sem número de coisas!
Mas depois penso, se esta gente é tão feliz, porque é que eu hei-de andar aqui inconformada?
Ouvi muitas histórias boas sobre o tempo dos portugueses, muita gente me dizia que no tempo do branco é que era. Falei com muita gente mais velha. Umas vezes orgulhei-me outras, enrolei-me de vergonha. Nunca fui discriminada, pelo contrário sempre fui muito acarinhada. Aprendi muito, aprendi a viver sem o consumismo por exemplo. Fiz amigos para a vida que se riam de quando me coçava por causa dos mosquitos e ficava com a pele vermelha.
Em São Tomé andamos seguros e sem medo a qualquer hora do dia ou da noite!
De amanhã é a altura ideal para ir à frta. As senhoras da fruta já me conhecem e com aquele sotaque aberto e a carregar nos “erres”, chamam-me: “Márrrrriiiaaaa, Ámiga, vem, tem do maracujá qui você gosta” E tinham sempre, as malandras sabiam que eu não resistia!
Depois lá apareciam os miúdos a pedirem umas dobras para sei-lá-para-quê.
 O peixe aparece-nos à porta de casa, a fruta pão apanhamos no jardim e lá se faz uma refeição de bradar aos céus!
Infelizmente há coisas que não conseguimos contornar. Se São Tomé é dos sítios melhores para se criar um filho, é também o sitio que me fez andar com o coração nas mãos várias vezes. Infelizmente o sistema de saúde é caótico. E foi isso que me fez ponderar o regresso.
O meu filho veio rijo que nem um pêro! Comeu muita terra, andou sempre de pé no chão, durante dois anos, entre idas e vindas, foi 100% Santomense.
Regressei também cheia de saudades para matar. Das primeiras coisas que fiz foi pegar no carro e ir pela autoestrada, até Coimbra a cortar o céu azul que sós nós temos.
Voltei, mas vos garanto que parte do meu coração ficou lá!!








25 agosto, 2017

Uma Palavra: Impecável!

Não tenho muito a dizer deste produto produto, a não ser que é de facto muito bom!
Já o tenho há algum, mas só hoje tive oportunidade de o experimentar.
Estou a falar do Spray Protetor e Desembaraçante da Novex


Impecável

Foi o primeiro produto capilar para praia que não me deixou o cabelo super oleoso e com um aspeto pesado.
É bastante bastante leve e tem o cheirinho maravilhoso a que a marca já nos habituou.
Não me vou alongar. O Verão ainda não acabou e ainda há muita gente com férias por gozar. 
Por isso apostem neste produto. Verifiquem aqui tudo acerca do spray!

Impecável


Impecável


Boas férias!

09 agosto, 2017

Mãos na massa para o tempo passar!

Com a ventania que está, é quase impossível andar na rua.
E a barriga de 7 meses da mamã também começa a pesar. 
Por isso, hoje não há piscina em casa da avó, nem escorregas!

Mãos

O mais simples dos bolos para ser o Tomaz a fazer!

Bolo de Iogurte by Chef T!
  • 1 iogurte de aromas ou pedaços (morango)
  • 3 medidas (copo de iogurte) de açúcar
  • 3 medidas (copo de iogurte) de farinha 
  • 1 medida (copo de iogurte) de óleo 
  • 4 ovos inteiros 4
  • fermento 1 colher de chá
Juntar tudo (não é preciso bater as claras), num recipiente e bater bem. Untar uma forma com manteiga e polvilhar com farinha. Levar ao forno previamente aquecido em lume médio ou 180ºC cerca de 30/40 minutos. Para verificar se está bem cozido, confirmar com um palito.

Nós usámos uma Cloche (há quem lhe chame Patusca), o tempo de cozedura é de 20/25 minutos ligada na resistência de baixo! Liguei menos de 5 minutos por cima para lhe dar uma corzinha!


Mãos


Mãos


Mãos


Mãos


Mãos


Mãos


Mãos





02 agosto, 2017

A reclamação - O segurança, a grávida e o lugar de estacionamento!


Há dias publiquei na página do Facebook uma imagem de reclamação nos HUC.
Estava tão enervada com aquela situação que nem me apetecia explicar mais nada.
No entanto, acho que comunicar estas situações é sempre bom.
Os direitos são para se fazer valer.
Quem conhece o Hospital da Universidade de Coimbra, sabe que aquilo é o caos para estacionar.
Na condição em que estou, grávida de seis meses, quando procuro um estacionamento, tenho sempre em atenção que poderá haver alguém "mais grávida" do que eu, por isso prefiro estacionar em lugares normais.
Pois naquele dia estava muito calor e eu não encontrei estacionamento algum.
Felizmente o lugar das grávidas perto das urgências estava vago. Ufa!
Assim que saio do carro, aparece um segurança exigir que tirasse dali o carro porque era um lugar de grávidas só para acompanhantes de urgências e além disso tinha de ter o boletim de grávida visível. 
What?!!?
Ainda me ameaçou com a PSP e multas e o raio que o parta.
Retirei o carro, porque apesar de ter a certeza quanto à visibilidade do boletim de grávida, o local do estacionamento está efetivamente perto das urgências e preferi informar-me primeiro.
Mas, depois no caminho a pé até ao Hospital, debaixo de um calor insuportável, vim a pensar.
Mas que raio porque não posso eu estacionar ali? É um sinal vertical sem ressalva, os outros 3 ou 4 lugares de grávidas estão ocupados, eu estou grávida...
Fui direitinha ao balcão de informações perguntar se podia ou não deixar ali o carro.
- "Claro que pode!"
Lá contei o sucedido e o bendito senhor que me atendeu acompanhou-me ao gabinete de utente para que eu fizesse a reclamação. Estava tão indignado quanto eu!
Não contente com a reclamação, ainda escrevi para a PSP e para o IMTT.
Perante o exposto a PSP responde:

"Bom dia, agradecemos o seu contacto e informamos que pode efectivamente estacionar perante a referida sinalização sem inconveniente."

O IMTT:

"...Em primeiro lugar não sabemos qual a legitimidade de um "segurança" aplicar ou fazer cumprir a lei, para isso existem os agentes da autoridade.
Não encontrámos nenhum documento legal que obrigue a ter visível qualquer documento, muito menos um pessoal como o Boletim de Saúde da Grávida (BSG) para ter acesso ao estacionamento para grávidas, desde que seja a condutora do veículo.
Decreto Lei n.º 81/2006 indica apenas:
1 - Nos parques de estacionamento devem ser reservados lugares de estacionamento, próximo dos acessos pedonais e mediante sinalização, para veículos conduzidos por pessoas portadoras de deficiência, identificados com o respectivo cartão, por grávidas e por acompanhantes de crianças de colo. 
(...)
Este não indica a obrigação de ser portador de algum documento específico para acesso aos lugares de estacionamento.
Apenas o Decreto-Lei n.o 307/2003 que regulamenta o "Cartão de Estacionamento" refere a obrigatoriedade das "pessoas com deficiência condicionadas na sua mobilidade" de colocarem este documento visível na viatura. Tanto quanto sabemos este documento não se aplica a grávidas!
1 — É aprovado o cartão de estacionamento de modelo comunitário para pessoas com deficiência condicionadas na sua mobilidade, reproduzido no anexo do presente diploma, do qual faz parte integrante.
2 — O cartão deve ser colocado junto ao pára-brisas dianteiro dos veículos em que se desloquem, de forma visível do exterior, sempre que estes se encontrem estacionados nos locais que lhes estão especialmente destinados."

Denunciem o que não está certo, porque senão estas conquistas de direitos não efeito algum! Alguém lutou para que elas existissem!


reclamação





25 julho, 2017

Conta e Lê o ABC | um livro que dá a conhecer as letras e os números ao mesmo tempo!

Este é agora o livro preferido do Tomaz.
Desde que  recebeu, há uma semana, que todas as santas noites o temos de ler!
Ontem o pai chegou à sala e disse: "Na letra J já estava a dormir!" Temos portanto contabilizado o tempo que demora a adormecer pelas letras do abecedário!!!
Apesar do Tomaz já conhecer as letras e os números, este livro é um bom complemento para a leitura e para o conhecimento. Tudo serve para ajudar, afinal o rapaz já vai para o 1º ano em Setembro!
Além disso, como já referi aqui várias vezes, a leitura cá em casa já faz parte do nosso quotidiano. 
A hora da história antes de ir dormir é sagrada!
Hoje até deixou o livro na sala de manhã juntamente com os blocos. Deve ter estado a inventar alguma!
Na minha opinião o livro não tem limite de idade. Ou seja, assim que eles começam a ficar atentos aos livros e a terem mais tempo de concentração com as histórias, podemos perfeitamente inclui-lo nas leituras. As imagens são apelativas (ilustrações Carla Nazareth), as frases curtas (texto de Lara Xavier) e aos poucos vão tomando consciência das letras e números!

Leiam muito, leiam os os vossos filhos!
Só espero que o Manel que aí vem goste tanto de livros quanto o mano Tomaz!


livrolivro




livro


livro




livrolivro




23 julho, 2017

Há sítios onde eu não posso ir...

...um deles é a Tiger!
Assim que entro começo num desatino! 
Quero isto, quero aquilo, ai que giro,olha que jeito que dava...
Desta vez passei a correr, mas claro que tive de entrar. Além daquelas coisas todas que me fascinam, como por exemplo os blocos e as canetas, e sei lá que mais, há uma coisa que ando sempre de olho. São os joguinhos para o Tomaz!
São giríssimos, didáticos, baratos, e pequenos o que dá um jeitão para transportar. 
Aproveitando o facto de que o rapaz anda fascinado por dados, comprei dois jogos:

Dados para contar histórias. Basta lançar os dados e deixar voar a imaginação. Criamos uma história que inclua todas as imagens apresentadas. Podemos contar histórias à vez ou contar uma história em conjunto!

sítios


sítios

Jogo do cálculo: Antes de começar a jogar levantamos todas a peças da caixa. O objectivo é baixá-las todas. Quem começa lança os dados. A soma dos pontos de ambos os dados ou o número de um dado, indica quais as peças a serem baixadas.
Ganha quem baixar primeiro todas as peças!


sítios

sítios


Às vezes nãos sabemos o que havemos de comprar para presente de aniversário e estes jogos são tão giros.
Fica a dica, não só para os miúdos mas também para um serão agradável de graúdos.








02 julho, 2017

A festa!

Como diria Chico Buarque "Foi bonita a festa pá!"
Correu tudo lindamente.
Os miúdos, que se foram multiplicando durante a tarde, divertiram-se à brava, tenho a certeza que chegaram a casa e aterraram de tão cansados que estavam!
Não houve desperdício de comida. A ideia de fazer copinhos individuais com gelatina e mousse de chocolate foi de génio! Pizza saborosa e saudável cortada às fatias, folhadinhos mistos, a avó fez o bolo delicia dos miúdos e também dos graúdos o Nega Maluca.
Pães de leite, águas, sumos, batatas fritas e rebuçados!
Um beijinho à A Padaria que me salvou à última da hora
E chega! Foi o suficiente!
A animação ficou a cargo dos Pulos d'Alegria com a simpatia contagiante da Silvia! Ajuda preciosa, se não fosse ela eu estava tramada!! Recomendo vivamente!
Na onda dos agradecimentos tenho de agradecer também ao homem cá de casa que é sempre o xódó da criançada!








28 junho, 2017

Ai que me rebentaram as águas!

Sempre sonhei com um parto ao estilo telenovela.
Rebentavam-me as águas e eu dizia: "Ai amor que me rebentaram as águas"
Ele panicava um bocadinho e íamos a fazer respirações XPTO até à maternidade. Entretanto eu gritava um bocadinho com as dores insuportáveis das contrações. O bébé nascia e dávamos beijinhos!!
Mas não.... O meu parto foi provocado. A santa da Dra. F. disse-me "olha filha é hoje e isto agora vai doer". Enfiou-me o braço até ao pescoço, torceu-me ali qualquer coisa e pumba, "agora espera aí que já te ponho num quarto".
Estive desde as 11h da manhã de dia 28 até à 1h19m de dia 29 para o Tomaz nascer.
Sem dores, feliz da vida a fezer Skypes e Facetimes.
A única coisa que me passava pela cabeça era: Sandes de Leitão, "alguém me dê uma sandes de leitão que eu estou cheinha de fome!"
Amanhã ele faz 6 anos.
E será para sempre o primeiro grande amor da minha vida!

águas








21 junho, 2017

Coisas que gostamos e que chegam mesmo a calhar!

Foi com muito gosto que fui selecionada pela Youzz para experimentar os produtos Corine de Farme.
Uma vez que em novembro chegará um novo rebento à familia, estes produtos vieram mesmo a calhar!
Sou consumidora da marca desde 2011. O Tomaz sempre teve uma pele sensível e encontrei balanço com estes produtos.
Vou guardar tudo para para o bébé mas, não resisti em experimentar no mano mais velho!
Que bom, que cheirinho, que delicia!
A acompanhar estas três maravilhosas embalagens vieram também algumas amostras que prontamente distribuí por amigas com bebes pequenos! Obviamente que ficaram fãs!



#youzzcorinedefarme #youzzportugal

15 junho, 2017

Um dia eu quis ser um anjo!


anjo


Hoje é o feriado das comunhões, o Corpo de Deus!
Quando eu fiz a minha primeira comunhão, há uns anos valentes, foi um dia de festa.
Casa cheia, menu a preceito, toilette's a condizer.
Naquela altura ou se ia vestido de noiva ou de freira. 90% das meninas ia de freira, e os meninos de frade.
Lá fui eu no auge dos meus 8 anos, (glup, há 30 anos portanto), vestida a preceito de hábito e véu.
Colocaram-nos todos em fila, por tamanhos na igreja paroquial.
Eis que vislumbro, no altar uma menina vestida de anjo, um anjo com umas asas de penas!
Lembro-me que puxei a minha mãe e segredei-lhe: "Eu também queria ter vindo de anjo..."
Claro que se riu. Depois lá me explicou que aquela menina ia de anjo porque iria participar na procissão. Levava um cesto de uvas como oferenda.
Pronto, aquilo entrou-me de tal maneira na cabeça que no ano a seguir imaginem quem foi o anjo?!? Eu pois claro.
Mas fiquei muito desiludida... as minhas asas não eram de penas como as do ano anterior, eram de tule... De tule? então mas..., 
E lá fui eu procissão fora com o cesto de uvas nos braços, pesava horrores e eu era meio kilo de gente. 
Ao outro dia fiz gazeta à escola! Lesões cristãs. Nem podia levantar os braços.
E a desilusão das asas não me sai da cabeça! Até hoje!

09 junho, 2017

Têm o(s) livro(s) dos Puns? Então amanhã já há programa!

Lembram-se de ter escrito acerca do livro "Pai, os animais também dão puns?" 
Pois é, o autor Ilan Brenmam está em Lisboa e vai passar amanhã pela feira do livro.
Estará nos stands da 20|20 para receber pequenos e graúdos!
Ah não estivesse eu tão longe!

05 junho, 2017

Livros que nos enchem o coração

Gosto de ler. Os livros sempre fizeram parte da minha vida, quer por motivos pessoais, quer por motivos académicos, quer por motivos profissionais.
Em minha casa sempre houve uma biblioteca usada e abusada a qualquer pretexto. Não havia respostas dadas "de borla", se queria saber tinha de ir procurar.
Os gostos foram diversificando à medida que a idade ia avançando.
Mas há sempre aqueles escritores que nos ficam na memória e onde conseguimos regressar, sempre.
A Susanna Tamaro é uma delas. 
Por volta de 1996/1997 li o Vai Aonde Te Leva o Coração. Mergulhei de tal maneira no livro que o li de uma vez só!
Continuei e li o Com A Cabeça nas Nuvens, Querida Mathilda, Escuta a Minha Voz, Para Uma Voz Só, A Alma Do Mundo
Hoje ao navegar pelo WOOK tive a agradável surpresa de um novo livro da autora.
Melhor de tudo com 10% de desconto.
Vejam só:

Susana Tamaro - www.wook.pt

Aproveitem todos os tempinhos para ler. 
Eu sei que às vezes não é fácil. O trabalho, os filhos, a casa, o trabalho, o supermercado... Sabe tão bem ao fim da noite ver um bocadinho de televisão, não é?
Mas vá, vamos fazer um esforço. Eu também ando um pouco relaxada.
Sim!?

30 maio, 2017

Para a a barriga mais sexy do verão |o| Denim Dress

A barriga vai crescer e atingir o seu auge no verão. Uh-Uh que loucura! É hora de dar a volta ao guarda roupa. 
Desta vez vou optar por coisas que possa voltar a vestir, como por exemplo vestidos largos e túnicas deste género: Floral Embroidered Bib Tunic Dress - Denim Blue.
Vou já preparar uma wishlist para o próximo mês:
Ora vamos lá encher o carro!

22 maio, 2017

O Raio Das Partidas Que A Vida Nos Prega


Partidas


Há três semanas a minha rica vida,vestida do seu destino, resolveu pregar-me uma série de partidas.
Li algures, um dia destes que, só nos calha aquilo que conseguimos suportar.
Ora, a julgar pelos últimos acontecimentos, só posso concluir que sou uma fortaleza!!
Os sustos passaram e deram lugar a um bonito arco iris. Agarra-se a vida como se nos tivesse calhado na sorte grande uma segunda oportunidade. Damos valor a coisas perdidas, atenção a coisas esquecidas e os pensamentos fluem de outra maneira.
Não posso esquecer a força das palavras que me chegaram. Caramba, ter amigos é a melhor coisa do mundo.
Palavras fortes ditas por quem não nos larga e que nos enchem de força e de esperança!
É sem duvida nestes momentos que sabemos quem são aqueles que nos querem bem.
Siga a vida!

02 maio, 2017

Palavras Doces Para Oferecer No Dia Da Mãe

Não há um dia que não se repita. Todos os dias antes de dormir, a mãe lê um livro ao filho! A mãe ou o pai!
Mas ganha a mãe que tem mais jeitinho para a leitura!!
Ontem foi a vez do livro Eu Adoro A Minha Mãe do autor Giles Andreae e ilustrações de Emma Dood.
Por cada página que passamos há uma ilustração que retrata maravilhosamente a relação mãe e filho.
Por entre frases simples e rimadas, contamos uma linda história de amor. Uma história que nos ensina que o amor está em coisas tão simples como o ajudar a limpar o nariz!
Pais, estão a ouvir? Vamos lá oferecer este livro às mães.


Palavras



Palavras


Palavras


Palavras


Palavras


29 abril, 2017

O Quarto do Tomaz: A Remodelação

Quem diz que para fazer um quarto de criança é preciso gastar muito dinheiro, está redondamente enganado!
O que precisamos é de ideias! E de ter alguém que as execute está claro.
O que queríamos era que o Tomaz tivesse as coisas dele arrumadas mas ao mesmo tempo acessíveis para desarrumar! 
A cama já existia, foi feita à medida para aquele canto. Acrescentámos o edredão da Patrulha Pata, da Toys - €34,99, traz uma fronha grande para uma almofada tipo chouriço e a capa. O rapaz queria tanto um quarto com a Patrulha Pata que lá lhe fizemos a vontade
A mesinha de cabeceira é uma mesa de apoio de escritório. O pai tinha visto a ideia no Pinterest e como havia uma cá em casa, aproveitámos! A verdade é que fica bem giro! Uns livros por baixo para ler à noite num cestinho fofo da Kasa que aproveitei e um candeeiro led de apoio do Leroy Merlin que custou 2.99€!!
Por cima da cama, uma prateleira também do Leroy Merlin em MDF lacado a branco 10,99€
As letras: o T comprei na Espaço Casa em Coimbra por 2€. Tem coisas muito engraçadas, daquelas que nos faz querer trazer tudo! As restantes comprei numa loja chinesa, cada uma a 0,99€.
A prateleira tem ainda uma invenção que o pai fez: Tem uma fita led por trás para fazer de luz de presença. Estas fitas não são baratas, vêm em rolo e custam perto de 20€, mas são bastante económicas por isso vale bem a pena.
O móvel de 6 gavetões por baixo da janela, faz parte do nosso conjunto de quarto de casal, mas como não estava a ser usado como mobília de quarto, foi pintado a tinta branca com efeito lacado. Retirámos os pés para ficar mais baixo e ao nível do outro móvel.
O outro móvel foi totalmente desenhado e executado pelo pai. Mais uma vez são placas da Leroy Merlin. Painéis de melanina cortados à medida e rematados com uma orla adesiva. O móvel, com todo o material inerente à sua montagem, ficou a rondar os 50€.
Os cestos de arrumação são também da Leroy, há em várias cores e custam 2,99€. São óptimos, permitem guardar imensas coisas. Cada um tem uma função de arrumação: um é dos carros, outro dos legos, outro, das pistas de madeira... etc. A ideia era que ficasse tudo diferenciado e não "estilo tudo ao molho"!
O cesto que faz canto entre os dois móveis tenho-o seguramente há quase 20 anos!! Eu bem tenho razão em não querer desfazer-me das coisas!!
O espaço de desenho é composto por uma mesa com alguns 60 anos e veio de África! Ainda não encontrei nada que gostasse, por isso fica esta por enquanto! As cadeiras são igualmente no Leroy Merlin por 7,99€ e também há de várias cores, faz conjunto com uma mesa, mas que é um pouco baixa, por isso não veio! Do mesmo sitio vieram os quadros dos monstrinhos 4,99€!
Em cima do Doomoo, oferta ao Tomaz quando ele era bébé, estão duas almofadas do Espaço Casa, não me recordo do preço, mas não ultrapassam os 3,50€. Inicialmente eram para por em cima da cama, mas não faziam o efeito que eu queria.
Mas a gracinha do quarto é a cidade pintada por cima do móvel. Foi o pai que fez! Tão jeitosinho que ele é! Faz tudo o homem!
O tapete também é para mudar! O tapete, ai o tapete... o tapete deu origem a uma grande discussão no meio da loja dos tapetes, eu não gostava de nenhum, o pai queria trazer a todo o custo um que eu achava horroroso... Bom resumindo, não há tapete para ninguém!I
Como vêm não custa muito redecorar um quarto infantil. Boas ideias, DIY, e muita paciência são a chave para um espaço agradável.
O dono do quarto adorou, nem quer ouvir falar em dormir com a mãe!!


Espaco



Espaco





Espaco


Espaco


Espaco



Espaco


Espaco


Espaco


Espaco


Espaco


Espaco


Espaco


Espaco


Espaco