15 janeiro, 2016

O Arroz de Marisco

arroz de marisco
Fazer um arroz de marisco não tem necessariamente de ser sinónimo de demora e despesa.
Podemos fazer um ótimo arroz em 35-40 minutos e bastante acessível!
Como já havia dito, não uso caldos e neste arroz nem coloco a habitual sopa de marisco, utilizada em tantas receitas. Porque não acho que fique melhor e porque pega facilmente no tacho. 
O tacho! O ideal é usar um tacho de barro, fica bastante melhor. O aroma e o sabor ficam mais intensos!

Então vamos lá!
Para este manjar para 5 pessoas utilizei: 
    • Uma embalagem de 900gr de sortido de marisco congelado. Ter em atenção que há muitas embalagem que trazem uma quantidade absurda de delícias do mar. 
    • 1 embalagem de 400gr camarão congelado
    • 2 tomates. Gosto muito de usar o tomate peito de dama. Se vivessem aqui perto, dir-vos-ia que o encontram facilmente na Carolina! Por acaso desta vez utilizei chucha, estava maduro o suficiente para o efeito
    • 1 cebola
    • 2 alhos
    • 1 ramo (generoso) de coentros, que adoro!
    • salsa qb
    • 1 folha de louro
    • pimentão doce
Colocar a mariscada num passador de rede, passar por água, escorrer e reservar.
Descascar  e lavar a cebola e os dentes de alho e picar finamente
Levar um tacho ao lume com o azeite, deixar aquecer, adicionar a cebola e os alhos e deixar refogar até que a cebola fique transparente.
Na maioria dos meus cozinhados não deixo a cebola refogar muito, faço tudo a frio, é muito mais saudável. Aqui abro uma exceção!
Junto depois o tomate picado e um ramo de coentros, um pouco de salsa, uma folha de louro, uma pitada de pimentão doce, um pimento verde e deixo cozinhar mais 3 minutos, mexendo de vez em quando.
Acrescento 1L de água, tempero com sal e piri piri. Bem, eu não ponho piri piri porque não suporto coisas picantes, mas tenho preparado uma garrafinha de azeite com malaguetas para os aventureiros!
Mexer e deixar levantar fervura. Adiciono então a mariscada e o arroz e deixo cozinhar durante aproximadamente 20 minutos, mexendo de vez em quando. Arroz carolino, neste caso.
Juntar mais água caso achem que precisa e retificar os temperos se necessário. Retirar do lume e servir polvilhado com a salsa picada ou coentros. Este prato deve ser servido de imediato, para que o arroz fique solto.
Estava maravilhoso, sem nada de especial, mas as ervas e mesmo até o alho caseiro, deram-lhe um sabor muito bom.

2 comentários:

  1. Muito bem...fiquei convencido. Vou seguir a receita na íntegra. E eu nunca sigo receitas...

    ResponderEliminar